• Mudança

    Novo endereço disponível: transportehumano.cidri.com.br

    Este blog não está sendo mais atualizado. Favor acessar novo endereço.

    Desculpe o transtorno.

Atividades na Bicicletaria.net

Selo Amigo da Bicicleta

Este é um serviço de extrema utilidade. Com cada vez mais bicicletas nas ruas é essencial saber os locais onde o ciclista é bem-vindo e outros que devem ser evitados.

Lançado há poucos meses, o blog do Selo tem crescido agregando cada vez mais dicas importantes ao ciclista urbano de Curitiba.

Não pretendo converter todos a andar de bike, não pretendo que todos troquem o carro pela bicicleta, nem tenho a pretensão de resolver o problema do transporte publico e da mobilidade nas cidades. Este problema transcende o uso da bicicleta.
Esse veículo de duas rodas pode ser usado para melhorar o trânsito das cidades sem-fim. Pode também contribuir para reduzir a emissão de gás carbônico na atmosfera. Pode auxiliar na ginástica diária, perder peso, sair do sedentarismo. Pode tudo isso, mas o principal é que é divertido, quase infantil.
A fim de evitar uma confusão entre a diversão e desrespeito lanço aqui o selo amigo da bicicleta, que indica os lugares que respeitam tudo que gira em torno dela.
Respeito traduz-se em reconhecer o ciclista como cidadão, tratando sem preconceitos, sem a idéia de que ciclista é tudo um bando de pé-rapado que só anda assim por que não tem dinheiro. Mesmo assim, e se for o mais pobre de todos, merece o mesmo respeito. Ainda, respeito é dar o espaço que ele precisa, respeito é, fornecer meios para que ele use a bicicleta. Respeito também é reconhecer a bicicleta como meio de transporte, por exemplo ao aceitá-las em garagens ou facilitar seu estacionamento com bicicletarios.
Assim por onde o ciclista passar e assim for reconhecido, dele ganhará um “selo amigo da bicicleta”.
Rodrigo Abagge Santiago

 

Para quem quiser saber mais, tem o blog já citado e também o mapa disponível na internet. Além da possibilidade de consultas, contribuições para o enriquecimento do mapa são muito bem-vindas.

 

Mapa do Selo Amigo da Bicicleta

Mapa do Selo Amigo da Bicicleta

Pesquisa sobre bicicletários

Taís Ribeiro é estudante de design de móveis da UTFPR e está realizando uma pesquisa sobre bicicletários.

Se vocês quiser ajudar, acesse e preencha o formulário.

Dia sem carro na CELEPAR – 2010

faixa do dia mundial sem carro

faixa do dia mundial sem carro

No dia 22 de setembro de 2010, exatamente um ano após a mudança para o novo prédio da empresa, os funcionários ciclistas puderam pela primeira vez estacionar num local adequado.

Estacionamento provisório

Estacionamento provisório

lotação

lotação

Algumas bicicletas até pararam no estacionamento tradicional que fica num cantinho perdido atrás dos carros.

estacionamento atual

estacionamento atual

Alguns funcionários da empresa já utilizavam a bicicleta com frequência, mas no dia 22 de setembro foram registradas quarenta e duas bicicletas ao longo do dia. Um novo recorde !

Alguns ciclistas celeparianos - maio/2010

Alguns ciclistas celeparianos - maio/2010

A associação de funcionários (FUNCEL) também deu uma forcinha na divulgação e até distribuiu brindes para quem não usou seu veículo motorizado particular.

Divulgação FUNCEL

Divulgação FUNCEL

Também foi realizada uma enquete com os funcionários. Abaixo a pergunta e o resultado da enquete.

Na sua opinião, qual o transporte ideal para vir ao trabalho?

transporte ideal

transporte ideal

Com o sucesso da ação, o próximo passo agora é tentar implantar um bicicletário definitivo para que não apenas um dia por ano, mas todos os dias do ano, os funcionários que vierem de bicicleta possam ter um espaço digno para estacionar.

Parabéns a todos que colaboraram com a realização do Dia Mundial Sem Carro na CELEPAR.

Dicas para um estabelecimento amigo da bicicleta

A bicicleta é um veículo pequeno e muito versátil. Para tornar sua loja, estacionamento ou restaurante, um local amigo do ciclista, é bem fácil. Mas dependendo do seu interesse é possível fazer uma reforma mais elaborada para receber os ciclistas como clientes de primeira classe.

Você pode tomar medidas simples como disponibilizar uma pequena área onde os ciclistas poderão deixar as magrelas encostadas ou pode construir um bicicletário com controle de acesso.

Isso vai depender do tamanho do seu estabelecimento e dos seus recursos disponíveis. Alguns itens que devem ser levados em consideração:

Espaço

Quanto espaço você precisa ?

Quanto espaço você precisa ?

Quantos ciclistas você poderá receber? Comece pequeno, mas preveja a possibilidade de expansão. Tente disponiblizar um número de vagas suficiente. Lembre-se, é possível parar até 10 bicicletas no espaço de uma vaga de carro.

Praticidade
Evite para-ciclos que prendem apenas a roda. Eles não permitem que a bici seja presa adequadamente e podem avariá-la. Aqueles que deixam a bici em pé também podem causar transtornos. O modelo ideal são os pára-ciclo em forma de “U” invertido ou em forma de “R” vendidos pela Altmayer.

Conforto
Não é um requisito essencial, mas o ideal é que o local seja coberto, principalmente se a bici for deixada por um período muito longo. A chuva é extremamente prejudicial para as engrenagens e isso acaba exigindo mais do motor (ou seja, o ciclista). O sol intenso também pode tornar o selim desconfortável. Evite também locais próximos a área de descarga, lixo ou algum outro que seja sujo ou produza mau cheiro.

Coberto

Coberto

Localização
Esse e os dois itens seguintes estão diretamente relacionados. Avalie se o local não vai ficar muito longe, desencorajando o seu uso e demonstrando descaso em relação ao ciclista.

Visibilidade
Em muitos casos não existe indicação sobre o estacionamento de bicicletas. Muitos ciclistas não se sentem a vontade para pedir para estacionar e acabam indo embora sem perguntar.

Se você tem um espaço para bicicleta, faça com que o ciclista saiba que é bem vindo.

Acessibilidade
Evite locais onde é preciso passar por ladeira, beco estreito, terreno acidentado, fluxo intenso de pessoas, escadas ou demais obstáculos.

Iluminação
Durante o dia isso é algo simples, mas se você vai receber ciclistas à noite também, verifique se o local tem luz adequada.

Segurança
Certifique-se de que não haja perigo de roubo. Disponibilize um espaço onde a bicicleta possa ser observada pelo dono e evite locais desertos. Se não for possível, considere a colocação de um vigia ou local com controle de acesso.

Tratamento diferenciado
Ofereça descontos, brindes ou prêmios para o ciclista.

%d blogueiros gostam disto: