• Mudança

    Novo endereço disponível: transportehumano.cidri.com.br

    Este blog não está sendo mais atualizado. Favor acessar novo endereço.

    Desculpe o transtorno.

Mudamos de endereço

Informo a todos os amigos, assinantes, visitantes e leitores do nosso blog que mudamos de endereço.

O endereço transportehumano.com.br é nosso novo endereço e o blog no wordpress não é mais atualizado.

Desculpe pelo inconveniente para os que assinam o feed ou atualizações por email. Eu ficaria extremamente grato se puderem solicitar a assinatura no nosso novo endereço.

Esta é uma mudança que já vem sendo pensada há algum tempo devido às limitações que a hospedagem gratuita impunha. Espero que compreendam e continuem conosco.

Anúncios

Ciclecine 2012

PROGRAMAÇÃO

SEÇÃO 16h
tempo: 53 minutos

O Homem que Viveu em sua Bicicleta
Guillaume Blanchet
Tempo: 3’ | Ano: 2012

Sino Hino Parietal
Rimon Guimarães
Tempo: 2’45” | Ano: 2012

Bicicleta, minha primeira vez (Vélo, ma première fois)
Weverson da Silva
Tempo: 6′ | Ano: 2012

Blinded
Bárbara Bertoldi
Tempo: 1’51” | Ano: 2012

Caminho Deserto, Si Sa Ket
Pedro Giongo
Tempo: 7′ | Ano: 2012

Uma Volta no Parque
Rafael Urban
Tempo: 3’22’ | Ano: 2008

Retratos do Belém – A Trajetória de um Rio Urbano
Constance Pinheiro
Tempo: 2’14” | Ano: 2012

I Still Love You
Henrique Faria
Tempo: 5’30” | Ano: 2012

Respeite 1,5m
Kiwi Filmes
Tempo: 4’12” | Ano: 2012

O Plantador de Quiabos
Coletivo Santa Madeira
Tempo: 15′ | Ano: 2010

SEÇÃO 19h
tempo: 46minutos

O Homem que Viveu em sua Bicicleta
Guillaume Blanchet
Tempo: 3’ | Ano: 2012

Sino Hino Parietal
Rimon Guimarães
Tempo: 2’45” | Ano: 2012

Caminho Deserto, Si Sa Ket
Pedro Giongo
Tempo: 7′ | Ano: 2012

Retratos do Belém – A Trajetória de um Rio Urbano
Constance Pinheiro
Tempo: 2’14” | Ano: 2012

Bulgarian Bagpipe
Guts Forchange
Tempo: 2’45’’ | Ano: 2012

Pedalada de Los Muertos
Ata Hostin
Tempo: 4’10” | Ano: 2010

Blinded
Bárbara Bertoldi
Tempo: 1’51” | Ano: 2012

Bicicleta, minha primeira vez (Vélo, ma première fois)
Weverson da Silva
Tempo: 6′ | Ano: 2012

Respeite 1,5m
Kiwi Filmes
Tempo: 4’12” | Ano: 2012

Uma Volta no Parque
Rafael Urban
Tempo: 3’22’ | Ano: 2008

Um Dia
André Barroso
Tempo: 7’30” | Ano: 2012

SEÇÃO 20h
tempo: 60minutos

O Plantador de Quiabos
Coletivo Santa Madeira
Tempo: 15′ | Ano: 2010

I Still Love You
Henrique Faria
Tempo: 5’30” | Ano: 2012

Cicloativos
Solano Trento
Tempo: 14′ | Ano:2012

Oil Man e a Sociedade dos Homens Óleo
Giuliano Batista e Guilherme Biglia
Tempo: 25’ | Ano: 2012

VI Desafio Intermodal de Curitiba

Dando início às atividades do mês da bicicleta 2012:

Cerca de 40 participantes sairão do Centro Politécnico, às 18 horas, utilizando carro, ônibus, bicicleta e também fazendo o trajeto a pé. O campus central da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) será um ponto de controle. E a chegada é em frente ao Prédio Histórico da UFPR, na Praça Santos Andrade.

Palestra: Bicicleta na cidade

Pedal no litoral

O roteiro passa pelas praias de: Itapirubá, Ribanceira e Ibiraquera (Imbituba), Rosa, Ouvidor, Barra, Ferrugem e Siriú (Garopaba), Guarda do Embaú, Pinheira e Sonho (Palhoça). Da praia do Sonho atravessamos de barco para a Ilha, ao largo da Fortaleza de Araçatuba e das praias do Sul.

Além disto conhecemos várias iniciativas de cunho cultural e sócio-ambiental, como o Projeto Baleia Franca, o Museu da Baleia, o Projeto Ambiental Gaia Village e o Engenho Artesanal das 3 Irmãs.


Mais informações:

Gondwana Brasil Ecoturismo
Fone/fax: 3566-6339
E-mail: contato@gondwanabrasil.com.br

Se Kant fosse um ciclista em Nova Iorque

Disponível em novo endereço:

http://transportehumano.cidri.com.br/2012/08/06/se-kant-fosse-um-ciclista-em-nova-iorque/

Diálogos entre um motorista e um ciclista

Numa via congestionada de um grande centro urbano no fim da tarde, um carro e uma bicicleta disputam o espaço apertado da rua e quase se chocam acidentalmente. Num cruzamento, alguns metros a frente, o sinal vermelho deixa os dois veículos lado a lado.

O ciclista para bem do lado do motorista e fala, visivelmente assustado:

Ciclista: Pô, cara! Eu preciso de segurança para andar na rua.
Motorista: Eu também.
C: E quando penso nos meus filhos nesse trânsito maluco… Eu me preocupo com o bem estar deles.
M: Me preocupo com os meus também.
C: Eu escolhi esse meio de transporte porque acredito que é o melhor que posso fazer pela minha família.
M: Eu também.
C: Olha, eu sei que você pode não concordar com o transporte que eu uso…
M: Sei que você pode pensar isso também.
C:: Tá eu admito que a minha escolha tem lá seus pontos negativos.
M: Eu admito isso também.
C: Você tá tirando sarro da minha cara?

M: Não, claro que não. Mas é que esse congestionamento me deixa estressado.
C: Me deixa também.
M: Eu prefereria não ter que enfrentar esse barulheira todo dia?
C: Eu também.
M: E não é como se eu estivesse passeando, eu acabei de sair do trabalho.
C: Eu também.
M: E tô atrasado para ir pra aula.
C: Eu também.
M: Tenho minhas responsabilidades, não gosto de ficar sendo julgado pelos outros.
C: Eu também não gosto.
M: Agora é você que tá tirando sarro da minha cara?

. . .


Antes de ser motorista ou ciclista, todos são pessoas com as mesmíssimas necessidades.

%d blogueiros gostam disto: