• Mudança

    Novo endereço disponível: transportehumano.cidri.com.br

    Este blog não está sendo mais atualizado. Favor acessar novo endereço.

    Desculpe o transtorno.

De bicicleta com o bebê

Esse mês a Ana Maria fez sete meses e ela ganhou dois presentes muito especiais. Seu primeiro banho de piscina ao ar livre numa chácara na Cachoeira e o prazer de ter ido e voltado de lá de bicicleta. Foram aproximadamente 12km de pura diversão e tranquilidade.

Como ela mesmo já havia falado no mês passado, ela não faz questão nenhuma de andar de carro. E como o dia estava bem bonito resolvemos ir pedalando até a chácara para uma celebração de fim de ano.

roteiro da pedalada

roteiro da pedalada

Apesar de ser um domingo de manhã no fim de ano, época e horário em que a cidade está menos motorizada, foi possível constatar como existem dificuldades para pessoas que usem transportes não-motorizados, seja por opção ou por necessidade.

Não é simplesmente um ponto de vista pessimista, não se trata de acreditar que as pessoas são mal educadas e não querem respeitar os atores mais frágeis do trânsito. Na verdade, Curitiba não tem sido construída pensando na bicicleta. Mesmo a Av. Anita Garibaldi que foi recentemente reformada não oferece condições adequadas para ciclistas.

São questões técnicas que impossibilitam que mesmo o mais bem intencionado dos motoristas aja de forma segura. Sinalização precária de ciclovias, traçado que favorece alta velocidade mesmo nas curvas, inúmeros pontos cegos – especialmente em cruzamentos, falta de continuidade nas esquinas e por aí vai.

Não é a toa que muitos não arriscam sair na rua de bicicleta, ainda mais com uma criança pequena. Apesar disso, com alguns cuidados simples é possível pedalar com segurança e tranquilidade. Nada que um pouco de experiência não resolva.

O resultado não podia ser outro. Sorriso estampado no rosto por sair de casa e poder ficar tão coladinho no papai (a gente ainda usa o sling, ainda é cedo pra cadeirinha). Foi tão tranquilo que boa parte do trajeto ela deu uma boa cochilada. Já me disseram que o barulho do motor do carro ajuda a fazer os bebês dormirem. Pode até ser, não tenho carro para testar. Mas uma coisa eu sei, o barulhinho do meu próprio motor/coração funciona muito bem com a minha filha.

9 Respostas

  1. É uma chácara particular, tava querendo achar um lugar assim com cachoeira e lago pertinho de Curitiba, para poder ir pedalando. Se souber de algum me de um toque.

    twitter.com/alacwb

  2. Nada como um bom relato para animar o dia de um ciclista que não comeóu o dia bem! Hoje levei duas horas e 15 minutos para fazer os 13 km entre minha casa na Barreirinha (você deve ter passado alí no teu passeio, na rua do DIP) e meu trabalho em Pinhais, e pasme, estava de bicicleta! Saí de casa às 8:00, no comecinho da Nossa Senhora da Luz, no Bacacheri, me furou o pneu. Ando com uma câmera reserva, troquei a câmera e quando estava enchendo, quebrou a válvula!. Empurrei a bike até a Baron Bikes, na Itupava e estava fechada. Voltei até a Portela, na Stresser, me trocaram a câmera, e saindo da loja, pffffff, devem te-la colocado mal, pois nem subi na Bike e furou de novo. Voltei e me a trocaram em garantia. Puro azar, analisando os dois furos e a quebra do bico, são todas por causas diferentes. Chequei aqui às 10:15. Normalmente dá só meia hora de pedalada.

    Mas é isso aí, levo meu moleque (quase 3 agora) de bike até o São Lourenço ou o Parque do Papa quase todo final de semana. Ando muito pela Anita Garibaldi, tenho que confessar que, comparando com outras avenidas no meu trajeto ela é uma das melhores. O melhor trecho é a Anita quando volto do trabalho. Ela vira quase que uma fila contínua de carros desde o cruzamento da Tomazina até a minha rua… a do DIP. São mais de 3 km ultrapassando caros parados. Um prazer!
    sds

    • Que azar, outra dessa vai levar alguns pra acontecer…

      Pois é, foi por isso mesmo que escolhi esse como um dos primeiros grandes passeios. Triste saber que a Anita é uma das melhores.

      Como você leva seu filho? Cadeirinha?

      • Sim, mas não comecei com ele tão cedo quanto você. Se não me engano o primeiro passeio foi com cerca de 1 ano e meio. Lembro que ele já andava bem quando andamos de bicicleta pela primeira vez.

        Uso uma dessas cadeirinhas bem simples que fica entre mim e o guidon. Não é tão confortável quanto as cadeirinhas que vão atrás mas dá uma sensação de mais segurança.

        Vi neste domingo um cara andando na praça João Cândido com um carrinho reboque que parecia bem confortável para o bebê. Mas não sei se teria coragem de andar com aquilo numa rua brasileira…;)

    • Também passo pela Anita quase todo dia de bicicleta. Pra curtir um som e ficar mais seguro, acabo indo pela ciclovia na ida ao trabalho.

      Mas a volta… hehehe
      A volta é uma delícia… Como você falou, ficam todos os carros travados, principalmente entre o terminal e o famigerado sinal da rua do DIP.

      Minha casa é um pouco depois, justamente próximo ao lugar que o Patricio foi, e nos encontramos no mesmo dia. Posso atestar que a lindinha da Ana Maria só acordou porque parei para conversar😉

      http://malvados.com.br/index1470.html

  3. Duas coisas.

    A primeira é que o sistema mostra-se mais ineficiente justamente quando a vida apresenta-se mais frágil. Lembrei de quando precisava usar o ônibus diariamente com o pé ou o braço quebrado.

    A segunda é que o motor do carro só funcionou para as bebês dormirem no começo. Agora elas se entediam (com razão) no carro. No sling, em compensação, 10 minutos é tiro e queda para um soninho.

  4. […] achando meio bobo em publicar artigos como: Bebês não precisam de carro e histórias sobre as saídas de bicicleta com minha filha. Considerando que o fato em si não apresenta nenhuma novidade, já que existe uma boa parte da […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: